logo

CARCINOMA ESPINOCELULAR lesões tumorais nas pálpebras, lesões malignas nas pálpebras, tumores das pálpebras, tumor maligno palpebral, câncer nos olhos.

Voltar
CARCINOMA ESPINOCELULAR, lesões tumorais nas pálpebras, lesões malignas nas pálpebras, tumores das pálpebras, tumor maligno palpebral, câncer nos olhos.

CARCINOMA ESPINOCELULAR

O carcinoma espinocelular pode ser classificado em carcinoma in situ (Doença de Bowen) e invasivo. O carcinoma in situ clinicamente representa uma lesão ceratótica, eritematosa e com crostas em áreas expostas ao sol. E o carcinoma espinocular afeta principalmente os indivíduos idosos, de pele clara, com exposição crônica ao sol.

RELACIONADO A:
lesões tumorais nas pálpebras, lesões malignas nas pálpebras, tumores das pálpebras, tumor maligno palpebral, câncer nos olhos.
 

Tratamento

O tratamento consiste na excisão cirúrgica e reconstrução. Lesões muito extensas devem ser biopsiadas e avaliadas radiologicamente, pois muitos casos necessitam de abordagem multidisciplinar. Há tumores não ressecáveis, cujo tratamento é paliativo, realizando-se a crio ou radioterapia.
 

Prognóstico

O prognóstico varia com o grau de diferenciação celular, tamanho e profundidade do tumor. O carcinoma espinocelular invade os tecidos de maneira mais agressiva que o basocelular e pode causar metástases nos linfonodos regionais. O carcinoma espinocelular de melhor prognóstico é o que se origina de lesões de ceratose actínica.
 

Sua opinião é muito importante para nós!

5.0

Preencha o formulário abaixo e deixe sua mensagem que retornaremos em breve.